ORTOPEDIA E

MEDICINA
ESPORTIVA

Entre em contato com o consultório




DR. MARCELO G. CAVALHEIRO

CRM-SP 87.147

Formado em Medicina pela Universidade de São Paulo (USP), Marcelo G. Cavalheiro fez residência em Ortopedia e Traumatologia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, instituição onde também realizou sua especialização em Cirurgia do Quadril, Cirurgia do Joelho e Artroscopia.

Na University of Pittsburgh Medical Center focou sua atuação em Medicina Esportiva, e em Artroplastias no Rush Hospital Chicago, ambos nos Estados Unidos.

No Brasil, é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ) e Sociedade Brasileira de Quadril (SBQ).

No exterior, é membro das sociedades American Academy of Orthopaedic Surgeons (AAOS), International Society of Arthroscopy, Knee Surgery & Orthopaedic Sports Medicine (ISAKOS),Society of Hip Arthroscopy (ISHA) e Sociedad Latinoamericana de Artroscopia, Rodilla y Deporte (SLARD).

O especialista integra, ainda, o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein e coordena a divisão de Artroscopia do Quadril na Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo.

VÍDEOS

BLOG

abril 17, 2020

TECNOLOGIA: NAVEGADORES COMPUTADORIZADOS

Navegação cirúrgica na ortopedia               A navegação cirúrgica é uma tecnologia já incorporada na medicina e ganha espaço rapidamente. Seu mérito se deve à análise dinâmica das estruturas anatômicas durante o planejamento e o ato cirúrgico, através de informação tri-dimensional. É uma cirurgia guiada e orientada por imagens.               Esse conceito é mundialmente difundido. O desenvolvimento futuro na cirurgia ortopédica necessariamente se atrela à navegação, a qual tem incorporado melhorias e inovações constantemente.               Prova disto é o desenvolvimento de novos procedimentos minimamente invasivos em que quanto menor a incisão, menor o trauma causado no paciente.  Como consequência, há benefícios como menor incidência de infecção, menos complicações, menor hemorragia, reabilitação mais rápida, menor internação, retorno mais rápido às atividades diárias, além do aspecto estético.               O navegador permite a realização de um preciso planejamento cirúrgico, baseado na anatomia do paciente e nos eixos mecânicos do seguimento a ser operado, através de uma reconstrução 3D. O sistema auxilia o cirurgião no correto posicionamento e na dimensão dos componentes do implante.               Cirurgias de joelho e de quadril têm indicação para essa técnica, aprovada pela Food and Drug Administration (FDA) desde a década de 90.               O sistema de navegação utiliza 2 câmeras que constantemente rastreiam os instrumentais cirúrgicos específicos, os quais são dotados de marcadores. As imagens são processadas e transferidas para a tela do computador. São imagens bi ou tri-dimensionais, as quais podem ser confrontadas com os exames de imagens do próprio paciente, como radiografia, tomografia, ressonância magnética, PET e SPECT. Assim, durante a cirurgia, a tela mostra ao cirurgião o preciso posicionamento de seus instrumentos frente à anatomia daquele paciente específico. Permite ao cirurgião visualizar a área e a lesão a serem trabalhadas, juntamente com as estruturas críticas ao seu redor, como o feixe vásculo-nervoso. Torna o procedimento mais […]
abril 3, 2020

PRÓTESE DE JOELHO

A Artroplastia Total de Joelho (prótese de joelho) é o procedimento cirúrgico que visa substituir a articulação do joelho por um implante metálico (prótese). Artroplastia total de joelho             O tratamento definitivo da artrose é a artroplastia ou a prótese de joelho. Consiste na substituição da superfície gasta, ou seja, toda a superfície articular gasta é removida cirurgicamente, com cortes finos, e é substituída por um material sintético. Esse novo material, ou seja, essa nova superfície passa a fazer a função da cartilagem articular. Os componentes implantados são feitos de metal ou de uma resina chamada de polietileno, que são elaborados para permitir um deslizamento leve e liso entre eles. Isso inclui o fêmur, a tíbia e a patela. A artroplastia pode ser total ou parcial, dependendo dos componentes que têm que ser substituídos. História da prótese de joelho             O primeiro relato da realização dessa cirurgia foi em 1968. A partir de então, muitos progressos e evoluções foram se somando, incorporados no desenvolvimento do conhecimento médico e tecnológico dos anos subsequentes. Com o objetivo de se encontrar um substituto ideal para a articulação, com a eliminação da dor e com a restauração da mobilidade e da função, houve o aperfeiçoamento dos materiais, “design”, modelos, formatos, técnicas cirúrgicas e reabilitação.             Hoje, a prótese é um dos procedimentos cirúrgicos de maior sucesso e de satisfação na medicina. Ao mesmo tempo que a média etária da população mundial está aumentando, a população está se “envelhecendo”, há uma procura e uma necessidade em manter as pessoas ativas, com qualidade de vida. Sendo assim, há um aumento progressivo na indicação e na realização das próteses de joelho. Nos Estados Unidos, hoje, são realizadas 600.000 artroplastias totais de joelho por ano. Decisão em fazer a cirurgia             A artroplastia do joelho é uma solução para a dor e as limitações […]
março 30, 2020

ARTROSCOPIA DO JOELHO

A artroscopia e a prótese (artroplastia) são as duas técnicas cirúrgicas mais frequentes utilizadas para o tratamento de lesões e de patologias do joelho. A tecnologia está cada vez mais presente nas cirurgias.   Artroscopia             A artroscopia é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo. Utilizam-se duas pequenas incisões (portais) no joelho. O joelho é distendido com soro fisiológico estéril para a visualização de todas as suas estruturas. O artroscópio, que é uma câmera de 4 mm de diâmetro com uma fonte de luz, permite a visualização dessas estruturas em um monitor de vídeo. Utilizamos instrumentos específicos, incluindo pequenas pinças e outros equipamentos, para tratar as lesões do joelho.             As indicações mais comuns da artroscopia do joelho são as lesões dos meniscos, dos ligamentos, da cartilagem articular, a remoção de fragmentos soltos dentro do joelho (corpos livres) e o realinhamento da patela.             Desta forma, dependendo do procedimento proposto, outras incisões podem ser necessárias. O tempo de recuperação do paciente depende do tipo de lesão e do tratamento realizado na artroscopia. Cirurgia artroscópica               A artroscopia tem duração de 20 a 60 minutos.             O paciente chega ao centro cirúrgico em estado de sonolência, pois as medicações pré-anestésicas têm a função de diminuir a ansiedade e também provocam sono.             Ao término da cirurgia, o paciente é transportado para a sala de recuperação anestésica para que acorde completamente e, depois, é conduzido para o seu quarto.             O joelho é enfaixado no centro cirúrgico e esta faixa pode ser retirada dentro de dois ou três dias.             Por tratar-se de procedimento minimamente invasivo, via de regra, o paciente pode ir de alta, para casa, no mesmo dia da cirurgia.             As muletas são utilizadas nos primeiros dias, com carga parcial, conforme orientação médica. Procure andar dobrando o joelho normalmente. Evite […]
WhatsApp Entre em contato!